28/04/2009

GR 22 - Castelo Rodrigo - Almeida - Castelo Mendo

Dia 10.04.2009 – Almeida

E lá estamos nós para mais um fim-de-semana gastronómico, e pelo meio, com um passeio BTT na histórica localidade de Almeida.

Alguns de nós foram logo na 5ª feira para evitar de madrugar, outros (os madrugadores) foram na 6ª feira, para se juntarem ao restante grupo.

Assim começámos a nossa jornada logo pelas 8h da manhã (eu penso que ainda era de noite), após um rápido pequeno-almoço no hotel que nos alojou, A MURALHA.

A saída foi de automóvel até ao lugar de partida para o passeio, que foi a cerca de 10 Km de Almeida, localidade medieval de Castelo Rodrigo, alvo de muitos turistas, mesmo àquela hora tão matinal que nós fomos.

A Meteorologia não ajudou, tendo chegado a cair alguns flocos de neve durante alguns breves instantes.

Depois da volta de aquecimento e também de reunião dos BTT’istas em Castelo Rodrigo, e seguindo as instruções do road book do Davide, descemos do alto de Castelo Rodrigo para dar inicio à nossa volta.

Primeira paragem foi no Convento de Santa Maria de Aguiar, para apreciar o convento e onde foram dadas algumas explicações por parte da pessoa encarregue da sua divulgação.
Junto a este convento ficava uma estalagem, com muito bom aspecto e muito convidativa por sinal. Dizia alguém na altura, quando tirávamos fotografias à piscina “podemos dizer que ficámos aqui…”

Nova arrancada, sempre com o vento gélido a trilhar-nos o corpo, temperaturas altamente negativas que gelavam tudo menos a nossa vontade e que nos punham à prova a cada minuto.

Os caminhos ao contrário do que esperava tinham um desnível pouco acentuado, proporcionando momentos de um rolar fluído e constante.

Chegada a hora de almoço e num pequeno abrigo agrícola à beira de uma vinha, recuperámos forças, devorando as belas sandes, pataniscas e afins.

Ainda antes de sairmos e ainda no locar do almoço, o 1º furo, protagonizado pela Suzete.

Assunto resolvido em 8,4 segundos, pela assistência oficial.

Decorridos mais alguns Km’s e eis que recebemos uma visita, inesperada, de um grupo de interessados na modalidade, nada mais nada menos que 43 vacas em passo de corrida na nossa direcção. Um momento divertido.

Mais meia dúzia de Km’s, sendo os últimos por alcatrão e após a volta de consagração pelo interior de Almeida, eis que chegámos ao nosso Hotel para um descanso e banho retemperante.

O dia acabou depois de uma grande jantarada, em que dieta, não foi palavra de ordem, até porque houve um membro do staff que fez anos, a nossa querida Guida, a quem cantámos os parabéns e comemos o respectivo bolinho.



Dia 11.04.2009 – Almeida

Já passava das 9 h quando se deu a partida para a volta do 2º dia, confiantes que iríamos ter um passeio mais soft, sem grandes subidas, tal não aconteceu, pois a volta era mais curta mas mais acidentada.

Com o vento cortante como companhia lá fomos enfrentando as dificuldades. Depois de uma boa descida a Suzete, decide parar o pelotão com o seu furo mal resolvido do dia anterior, “Furei”, um espinho que se ferrou no pneu e teimava em não sair.
Enfim situações que nos dão muito jeito para recuperar fôlego.


Nesta altura a desconfiança já era muita, pois quem desce também sobe, não é tarde nem é cedo, logo à nossa frente uma subida em estrada de alcatrão, de aproximadamente 1 Km , há que controlar a respiração e manter o mesmo ritmo.

Passado este obstáculo entramos novamente em trilhos bastante acidentados, provocando mais um contratempo, a Alexandra partiu a corrente, já se falava em desistir, mas o Rui Pinho e outros resolveram o problema da corrente, neste tempo aproveitámos para nos restabelecer e comer qualquer coisa.

Depois das forças renovadas, continuámos, já com um percurso mais agradável, pois o pior já tinha passado. O tempo melhorou bastante, o vento deixou de soprar e já não estava tanto frio.

Paramos numa aldeia típica, para orientarmos a “bússola” e se certificarmos do caminho certo a Castelo de Mendo.

Ao contrário de muitos outros castelos, Castelo de Mendo fica num vale.

Tirada a foto de grupo, com as respectivas camisolas à mostra, à entrada desta última localidade, a próxima paragem foi gastronómica, para degustar uma bela almoçarada, antes do regresso a casa.

Pedro e Susana Cardoso

9 comentários:

Susete e João Machado disse...

Olá

Parabens Susana e Pedro, agora percebo a "troca" ...um anda um dia o outro anda no outro para poderem fazer o relato.....Bem visto.

Mas valeu....está mt bem comentado. Podem continuar.......

Beijos a Todos

Susete e João

Rui Pinho disse...

Olá betetistas,
Antes de mais parabéns á família Cardoso, temos uma descrição muito boa do passeio, mais uma vez para quem não teve oportunidade de ir através desta descrição fica com a ideia de como foi.
Para quem não conhecia a zona como no meu caso fiquei muito encantado com tudo, Almeida é uma localidade muito linda, já para não falar do “sobe e desce”.
Em relação ao 1º furo da Susete 8,4 segundos acho que está mal contado, pareceu-me bem mais rápido, mas fica na dúvida, agora as vacas não tenho duvida eram mesmo 43, também as contei.
Uma corrente partida não me lembro de já ter acontecido, mas foi bem resolvido, mostra que estamos preparados para tudo, ou quase tudo….
Cumprimentos

João disse...

Parabéns aos Escribas pelo excelente e fidedigno relato de mais uma jornada Btt'ista. Seria a altura correcta para nomearmos o Cronista-Mor das nossas aventuras. Eu voto no Casal Cardoso.
Abreijos - Janeca e Guida

Lena disse...

Olá a todos!!
Eu que não fui ao passeio leio este texto e imagino mais uma volta espectácular!!

Muito bem comentado!! Parabéns........

E bons passeios que eu agora e por uma temporada faço parte da equipa de apoio.

Beijos a todos
Helena Neto

dcoelho disse...

Esta volta de dois dias à muito que era um sonho meu. Pôr as meninas a andar de bicicleta dois dias seguidos, não tinho sido fácil até aqui, mas agora elas provaram e constataram que isso era possivel. Quem bem que se portaram as nossas meninas, principalmente as que marcaram presença nos dois dias. A partir daqui, a minha próxima meta é fazermos todas as 10 etapas da GR22 seguidas, ou o Caminho de Santiago.
A envolvência deste passeio é especial. A atmosfera das Aldeias Históricas é mágica, não acham? Depois com o grupo certo, pedalar nunca foi tão fácil e gratificante. Quem não teve oportunidade de ir, pode ir carpindo as mágoas, pois para mim perderam um dos melhores passeios que já fizemos. 5 Estrelas.
Obrigado a todos.

Cristiana disse...

Queridos BTT's,

Fico feliz por constatar o que já era visível: a participação colectiva de mais uma grande volta!
O grupo no seu pleno!
Boa organização, boa equipa de apoio, bons caminhos, e afins!
Fazer btt 2 dias seguidos foi mesmo uma novidade, da qual faço tenho muito orgulho em dizer: EU FIZ! E afirmo para quem não fez: não é assim tão complicado ou difícil ou doloroso! Quando surgir nova oportunidade tentem não perde-la!
Aproveito para dar os parabens à familia Cardoso, pelo excelente relato. Podem fazer o próximo ;)

Beijos para todos e até à próxima!

cristina campos disse...

Olá, estou mesmo morta de inveja de todos os que fizeram o passeio do 1º dia em Almeida, pela descrição da Susana e do Pedro e pelas fotos que vi, parece ter sido mesmo espectacular!
E agora, vamos ao próximo, em plena serra de Aires e Candeeiros! estamos preparados? Penso que estamos todos! Meninas não desistam e compareçam, que eu não quero ser a última sozinha.
Bjs a todos!
Cristina

João disse...

Constato, com alegria, que o pessoal já vai participando mais no blog. Mas há por aí uns marmanjos que colaboram pouco. Vocês sabem do que eu estou a falar!!!

Pedro disse...

já vou